MundoNotícias

A origem do 8 de Março

Da Redação

Hoje, 8 de março, é celebrado o Dia Internacional de Luta da Mulher. A luta das mulheres é histórica e constantemente ocultada. Em 1910, durante a II Conferência Internacional das Mulheres na Dinamarca, Clara Zetkin, militante do partido comunista alemão, propõe a organização de um dia em que as trabalhadoras de todos os países se organizassem pela luta das mulheres.

Ao longo dos anos seguintes, diversos países iniciam a comemoração do Dia das Mulheres, porém sem uma data universal. Em 8 de março de 1917, mulheres trabalhadoras da Rússia, tecelãs e familiares de soldados do exército, tomaram as ruas em Petrogrado, hoje São Petesburgo, em uma manifestação conhecida como “Pão e Paz”. De fábrica em fábrica convocavam o operariado russo, protestando contra a escassez de alimentos, pelo fim da participação da Rússia na I Guerra Mundial e pela queda da monarquia.

A revolta se tornou uma greve geral que posteriormente culminou com a queda do regime czarista. Em 1921, durante a conferência das Mulheres Comunistas, em Moscou, na URSS, Alexandra Kollontai, comunista russa, propõe a adoção do dia 8 de março como data para o Dia Internacional das Mulheres, em homenagem à greve das mulheres russas em 1917. Nasce assim, o Dia Internacional das Mulheres, marcando as suas conquistas na revolução russa, celebrando a luta e organização das mulheres trabalhadoras.

Em 1960 as manifestações ganham amplas proporções mundiais. Em 1975, a ONU, e logo depois a Unesco, em 1977, reconhecem o 8 de Março como Dia Internacional da Mulher. Após anos de apagamento do caráter político deste dia, em 2017 e 2018 as mulheres trabalhadoras de todo o mundo organizaram uma greve internacional, com a adesão de 40 países, sob o lema “Se nossas vidas não importam, que produzam sem nós”, resgatando o 8M como um dia de luta da classe operária e de enfrentamento dos padrões. A luta é internacional e de todas as mulheres!

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar