BrasilNotícias

O Brasil de falsas curas

Da Redação

Tratamentos precoces para Covid-19 não tem eficácia comprovada pelas pesquisas, ou seja, são falsas curas. O Twitter apontou neste sábado (16), a publicação do Ministério da Saúde sobre “atendimento precoce” como enganosa. A mensagem foi marcada como “potencialmente prejudicial” pela rede social.

Na véspera (15), uma publicação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na rede já havia recebido o mesmo aviso por apresentar conteúdo parecido.

A última situação epidemiológica da Covid-19 no Brasil divulgada pelo Ministério da Saúde demonstra o caos completo. Mais de 8 milhões de casos confirmados e mais de 209 mil mortes. O Brasil está sendo dirigido por negacionistas durante a pandemia.

Tragédia anunciada.

O governo Bolsonaro decidiu manter o ENEM neste domingo, durante o pior momento da pandemia. Governo genocida merece ser interrompido.

Diante do colapso do sistema de saúde do Amazonas e da falta de oxigênio, 107 médicos graduados na Venezuela se ofereceram para ajudar Manaus, informou neste sábado, o ministro de Relações Exteriores do país, Jorge Arreaza.

A colaboração vem após o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, orientar que sua diplomacia atendesse ao pedido do governo do Amazonas para liberar uma carga de oxigênio hospitalar da White Martins produzida no país.

A atuação da Anvisa é no mínimo lenta para nossa emergência. Ontem, divulgou um comunicado que determina a rejeição do pedido de autorização emergencial da vacina russa Sputnik V, sendo que essa vacina está sendo utilizada por diversos países como a Argentina.

Hoje (17), a área técnica da Anvisa recomenda aprovação do uso emergencial da vacina Coronovac. Um respiro!

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar