ArtigosOpinião

Por uma Frente Ampla verdadeira

Por Ivan Seixas

Quem me conhece sabe muito bem que eu acho fundamental haver uma Frente Ampla para tirar o bolsonaro e sua quadrilha. Sigo os exemplos de Ho Chi Minh e Mao Tsé Tung, que souberam a importância de uma Frente Ampla para derrotar o inimigo imperialista. Abriram mão de exigências importantes, mas nunca abriram mão das exigências fundamentais para seu povo. 

O que estamos vendo hoje no Brasil é a formação de uma frente ampla que resolve o problema da direita golpista, que derrubou um governo legitimamente eleito, ajudou a manipular e fraudar uma eleição presidencial, que apoiou um candidato abertamente fascista, sem propostas, que defendia torturas, torturadores e a ditadura militar. Essa mesma direita bateu palmas quando esse fascista tirou direitos do povo trabalhador e entregou nossas riquezas para uma potência estrangeira. 

Pelo histórico, é claro que esse era o programa econômico e social dessa direita que se mostra FRUSTRADA, mas diz que está indignada. Está frustrada com a perda de controle político, não com o resultado do governo que elegeu. Não abre a boca para desfazer os ataques contra a Classe Trabalhadora, nem às agressões aos segmentos ditos minoritários de nossa população (mulheres, negros, LGBTT, jovens, idosos, etc).

O QUE FAZER?

Temos acordo que temos que tirar Bolsonaro da presidência. E o que mais temos de concordância? Devolver os direitos da Classe Trabalhadora? Desmilitarizar as escolas? Tirar o poder das Polícias Militares, que matam a juventude negras das periferias? Nada disso entra na pauta dessas frentes para resolver os problemas da direita.

Temos concordância sobre julgar os crimes da quadrilha que ocupa o governo atual? Ou temos concordância sobre julgar os filhos do fascista? Temos alguma concordância sobre julgar os massacres de camponeses e índios promovidos pelo atual governo fascista? Ou temos concordância sobre julgar os crimes do latifúndios, que devasta a Amazônia? Também não vejo isso.

Há alguma menção em julgar quem mandou matar e quem matou Marielle Franco e seu motorista? Não vejo isso também.

O judiciário, que implantou a verdadeira ditadura atual, perderá seu poder com a saída do fascista? Ou será legitimado ainda mais? O Ministério Público perderá seu poder ou continuará dominado por arrogantes, que manifestam profundo ódio de classe contra a população pobre e trabalhadora?

Não me parece que a burguesia abrirá mão desse importante instrumento de coação e opressão legal.

Não sou alguém importante na ordem das coisas de nosso país, que mobilize as pessoas para a contestação de minhas palavras. Nem acho que este espaço virtual consiga mudar alguma coisa nos dias de hoje.

Certamente vai ter gente incomodada com minha opinião e que vai dizer que sou contra a frente ampla.

Os interesses de Jorge Paulo Lehmann e Neca Setubal não são os da população brasileira. Financiam a formação dessa frente democrática do mesmo modo que financiaram os movimentos contra o governo democraticamente eleito de Dilma Rousseff. Se querem vir para o lado da democracia, que digam antes que estão dispostos a devolver os direitos tirados da Classe Trabalhadora e reverter a entrega de nossas riquezas para o imperialismo. 

Sou totalmente favorável a criação de uma VERDADEIRA FRENTE AMPLA, que defenda os interesses da Classe Trabalhadora e da sociedade como um todo, mas que faça justiça com os criminosos atuais, como sempre exigi justiça para os criminosos da outra ditadura militar. Topo abrir mão, momentaneamente, de reivindicações importantes para o povo brasileiro, mas não abro mão do fundamental para nosso povo e para nosso país. Como fizeram Ho Chi-Minh e Mao-Tsé- Tung.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Fechar