NotíciasRio de Janeiro

26 meses do assassinato de Marielle Franco

Da Redação

Mais um dia 14. Já são 792 dias de um crime brutal e sem respostas. Quem mandou matar Marielle Franco?

A Marielle foi vítima de um feminicídio político, praticado por aqueles que não suportam ver mulheres, negras, de esquerda e socialista nos espaços de poder, por aqueles que sempre fizeram parte da elite política e econômica do país, um espaço que não foi criado para as mulheres negras, basta olhar para os números de mulheres negras nos espaços de poder.

Hoje, é mais um dia 14 em que estaremos de punhos cerrados cobrando repostas, todo mundo quer saber: Quem matou, quem mandou matar Marielle e por quê?

Mais de dois anos após o assassinato de Marielle e do seu motorista, Anderson Gomes, o crime continua sem solução, sendo um exemplo de impunidade referente as violências e violações contra defensores/as de direitos humanos no Brasil.

A prisão preventiva de dois acusados de serem os executores de Marielle e Anderson, em 12 de março de 2019, e a decisão sobre leva-los ao tribunal do júri parecem ter sido passos importantes nas investigações, mas, desde então, pouco parece ter avançado para elucidar todas as circunstâncias dos assassinatos, os mandantes e as motivações do crime.

Marielle Franco, presente!

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar