ArtigosOpinião

Minha homenagem ao Comandante Carlos Lamarca

Por Ivan Seixas

No dia 17 de setembro de 1971 caía em combate desigual o Comandante Carlos Lamarca e Zequinha Barreto. Dias antes, o exército brasileiro, controlado pelos golpistas e entreguistas pró-EUA realizaram um cerco monstruoso aos dois ao redor da cidade de Brotas de Macaúbas, torturando José Barreto, pai de Zequinha, em praça pública e assassinando Otoniel Barreto e Antônio Santa Bárbara. Em Salvador já tinham assassinado Yara Iavelberg na tentativa de chegar ao líder revolucionário embrenhado no interior do estado.

O relatório da operação Pajuçara, que conta o assassinato dos dois revolucionários afirma que estavam desarmados e que Lamarca estava sem forças para opor resistência aos agressores. Zequinha o carregou nas costas por vários dias e quilômetros na tentativa de furar o cerco militar. Foi uma execução covarde como é característica deles.

Lamarca vive e é exemplo de dedicação à luta contra a opressão. É dele a frase “Ousar lutar, ousar vencer”.

Carlos Lamarca era um pai orgulhoso de seus filhos. Era um militar orgulhoso da sua escolha profissional, mas tinha profunda vergonha do que as forças armadas brasileiras fizeram com nosso país, em 1964 e em diante.

Ele não desertou do Exército brasileiro. O Exército brasileiro é que foi traidor dos anseios do povo brasileiro e passou a servir à uma potência estrangeira, os EUA. Em suas palavras ao passar para as fileiras da guerrilha contra a ditadura: “Não entrei para o Exército para oprimir meu povo ou servir aos interesses de outros governos”. Isso diz tudo sobre ele.

(Qualquer comparação com essa latrina que ocupa a presidência da República é indevida e desnecessária)

Viva Carlos Lamarca!
Viva Zequinha, Otoniel Campos Barreto e Antônio Santa Bárbara!
Viva Yara Iavelberg!
Abaixo a ditadura!
Fora o imperialismo!

Zequinha Barreto
Otoniel Barreto
Antônio Santa Bárbara
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Fechar